Por que algumas pessoas não perdem peso e outras sim

Vou seguir uma abordagem diferente da “genética!” e a disciplina!” pessoas e dizer outra coisa: é sobre conhecimento.

Além de um número muito pequeno de pessoas com doenças ou mutações genéticas raras, perder peso é resolver um problema e, como tal, depende de conhecimento e experimentação.

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de uma centena de batalhas. Se você conhece a si mesmo, mas não o inimigo, para cada vitória obtida, você também sofrerá uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, irá sucumbir em todas as batalhas.

Provavelmente não são seus genes. A genética pode significar que você precisa adotar uma abordagem diferente para perder peso ou pode fazer com que demore mais, mas exceto para uma porcentagem muito pequena de pessoas com doenças genéticas raras, isso não é um obstáculo. Observe as populações de caçadores-coletores ou outras civilizações que comem dietas tradicionais. Eles estão cheios de pessoas gordas que simplesmente não conseguem perder peso devido à genética? Não, não são, e a ideia é ridícula. Será que de repente mudamos em uma subespécie humana armazenadora de gordura nos tempos modernos? Da mesma forma, não.

Se você confiar apenas na disciplina, irá falhar. A força de vontade não é infinita, e a natureza fez do nosso desejo de comer uma boa comida um dos mais fortes impulsos que existem. Que pessoa faminta em dieta tem força de vontade para olhar um prato de brownies quentes ou um pacote de deliciosas batatas fritas salgadas e dizer não? Na verdade, poucos, eu acho.

Como reorganizar o seu estilo de vida

Fazer dieta não é usar a vontade de ferro para resistir às tentações colocadas diante de nós pelos demônios dos alimentos processados. Trata-se de reorganizar seu estilo de vida para otimizar o seguinte:

– Saciedade. Isso significa que você precisa se sentir satisfeito e não deve sentir muita fome. Para atingir este objetivo é necessário não cortar muito e ingerir alimentos altamente nutritivos. – Proteína e gordura são as mais satisfatórias, e é por isso que as dietas com poucos carboidratos funcionam para muitos nos estágios iniciais. Alimentos ricos em fibras também são satisfatórios. Independentemente de sua composição de macronutrientes, é importante obter todos os nutrientes de que o corpo necessita – especialmente micronutrientes. Caso contrário, seu corpo sentirá que há um déficit e você sentirá mais fome.
– Ausência de tentação. É importante se livrar dos alimentos tentadores e não ficar perto deles. No entanto, também é útil ter um único dia de cheat para servir como uma válvula de escape psicológica para a gula. Isso mantém o dano limitado a um único dia, em vez de se espalhar ao longo da semana sempre que você sentir fome.

Depende de mais do que equilíbrio de calorias. A perda de peso, é claro, requer que mais energia seja gasta do que ingerida; mas isso não é nada simples. É possível – e foi demonstrado – manter a obesidade com apenas 1200 calorias por dia de junk food. Embora as calorias devam ser menores do que o gasto, o gasto metabólico pode diminuir em resposta a dietas com muito poucas calorias.

Além disso, a ideia de que uma caloria é uma caloria vai contra as leis da termodinâmica, uma vez que nem todos os macronutrientes são processados ​​da mesma forma e alguns simplesmente requerem mais energia para a digestão. Além disso, alguns têm efeitos sobre os hormônios que outros não – por exemplo, a gordura saturada e monoinsaturada pode aumentar a testosterona, enquanto os carboidratos não.

Há muita controvérsia sobre qual deve ser exatamente a composição de sua dieta para perda de peso ideal, mas o consenso geral parece ser: 50-150g de proteína, carboidratos moderados a baixos com muita fibra e o restante deve ser gordo (com o mínimo possível de ômega-6 – encontrado no óleo vegetal). Gordura e carboidratos são as variáveis ​​com as quais você deve brincar para encontrar a zona Cachinhos Dourados para perda de peso para o seu tipo de corpo.

Depende de um bioma intestinal saudável. Há muitas evidências muito fortes (fontes disponíveis mediante solicitação) de que a composição e a saúde das bactérias intestinais são essenciais para a perda de peso. Algumas pessoas acham que a ingestão suficiente de amido resistente, inulina ou fibra é necessária para fornecer alimento suficiente à microflora para garantir a perda de peso. Pessoalmente, sou um fã particular de amido resistente, que pode ser obtido adicionando amido de batata cru à dieta. Outros tomam probióticos ou outros prebióticos, e há até transplantes fecais para obesos, mas o resultado final é o que importa: deixe seus simbióticos saudáveis.

Ele pode ser acelerado com manipulação metabólica. Você pode aumentar seu gasto energético metabólico por meio de vários métodos, mas o mais popular é o exercício . Cardio não é ótimo para perda de peso e também reduz os músculos da parte superior do corpo, o que pode piorar alguns problemas de peso; mas o treinamento de força é excelente, pois resulta na maior alteração metabólica e no maior aumento no gasto de energia (não durante o exercício em si, mas depois).

Uma excelente forma de conseguir ajudar a emagrecer aquelas pessoas que sentem muita dificuldade é através do produto chamado DETOX 3D muitas pessoas estão conseguindo emagrecer finalmente graças a ele!

Existem outros métodos, muito menos conhecidos, para aumentar o gasto metabólico.

Esses incluem:

– Termogênese a frio. O princípio por trás disso é não queimar calorias tremendo; em vez disso, a ideia é ativar nosso tecido adiposo marrom atualmente dormente (MTD). Ao aumentar lentamente a exposição ao frio, o BAT é ativado e começa a gerar quantidades consideráveis ​​de calor.
– Alimentos termogênicos. Substituindo algumas gorduras por óleo MCT, você queimará calorias. Até certo ponto, a cafeína também faz isso. Yohimbe também é eficaz. No entanto, não se preocupe muito em obter os suplementos corretos; os outros fatores que listei são muito mais importantes e muitos (mas não todos) suplementos populares para perda de peso são A) ineficazes, B) têm um efeito minúsculo que não corresponde ao preço, ou C) são perigosos e prejudiciais à saúde.

Minha rotina pessoal

Eu uso várias abordagens ao mesmo tempo.

  • Eu como uma dieta muito baixa em calorias – 1300-1700 calorias por dia, dependendo se estou me exercitando ou não.
  • Eu tomo 2-4 TBSP de amido de batata cru diariamente.
  • Eu não tomo café da manhã, mas substituo o café – uma estratégia conhecida como jejum intermitente.
  • Eu substituo 2 TBSP de gordura diariamente por óleo MCT (em salada ou molho de vegetais).
  • Garanto que minhas metas de nutrientes sejam atendidas.
  • Eu faço musculação por 30-45 minutos 4 vezes por semana.
  • Estou progredindo de repetidas imersões de rosto no gelo para banhos de gelo de 45 minutos.
  • Como todos os meus carboidratos o mais rápido possível após o exercício.
  • Eu tenho um dia de cheat por semana, durante o qual como tantos carboidratos quanto possível.
  • Eu tenho um dia de jejum durante o qual não como nada.
  • Eu tomo BCAAs antes dos exercícios para prevenir a perda muscular.

Essas estratégias combinadas funcionam, permitindo-me atingir 1-3 libras por semana de perda de peso. Suspeito que para alguém que está acima do peso (eu não estou – estou apenas tentando atingir 10-12% da gordura corporal), a perda de peso seria ainda mais rápida.